Conteúdos e descontos grátis para os apaixonados por bebês.

Entre ou

Conteúdos e descontos grátis para os apaixonados por bebês.

Sobre nós | Siga-nos:

TODAS CATEGORIAS

25/02/2019

Você sabia que o bebê também expressa seus conflitos?

Psicologia

Você sabia que o bebê também expressa seus conflitos?

Para aqueles que ficaram surpresos e curiosos com esse questionamento, eu respondo: Sim, é possível. Os bebês conseguem expressar seus conflitos, dificuldades e angústias. Mas como isso acontece? Bom, já que se trata de um momento tão inicial do desenvolvimento do bebê, tudo aparece no corpo dele. Como ele ainda não tem condições de se expressar falando sobre as suas dificuldades, como nós adultos em geral fazemos, os conflitos emocionais do bebê aparecem através de sintomas no corpo.

 

E o que são esses sintomas?  Tratam-se de manifestações que aparecem no corpo ou no comportamento do bebê e que não tem uma causa orgânica. Alguns exemplos desses sintomas são os problemas de sono que aparecem através do bebê que dorme mal, ou acorda muitas vezes durante a noite, ou demora para dormir, ou que vai dormir muito tarde, que dorme pouco ou demais para a idade, que não tem uma rotina de sono... Podem aparecer também problemas de comportamento, como bebês de “temperamento difícil”, que são irritados, aqueles que são difíceis de serem consolados, que tem crises frequentes de choro, ansiedade e medo constantes, dificuldades de vínculo ou de separação. Esses sintomas geralmente estão associados a dificuldades na interação entre os bebês e os pais, portanto podemos entendê-los como sinais de alerta, indicativos de algum problema na relação, que pode ser passageiro ou persistente. Portanto, cabe ressaltar que somente suprir as necessidades biológicas e os cuidados materiais não é suficiente para garantir a sobrevivência de um bebê. 

 

A carência afetiva e/ou a privação dos cuidados emocionais pode produzir graves danos físicos e psicológicos no bebê. Por isso, é muito importante dar conta das necessidades emocionais dos bebês. No caso de aparecimento de alguns desses sintomas citados ou de outros, primeiro cabe investigar a fim de descartar a hipótese de se tratar de algum problema orgânico. Entendendo que se trata de algum problema de ordem emocional, então deve-se compreender o que o bebê está expressando através desses sintomas.

 

O papel dos pais é tentar identificar o que o sintoma significa para poder ajudar o seu filho. Esse processo pode ser melhor compreendido com o auxílio de um psicólogo, que poderá diagnosticar e tratar precocemente tais manifestações, pois estes sintomas podem, mais tarde, se desenvolver e aparecer de forma muito mais grave.

 

Frente a essas dificuldades, procure um psicólogo que seja especialista no atendimento de bebês e crianças.


Baixe o App do Baby Check-in e saiba mais:

http://onelink.to/ydy7cb


Psicóloga (CRP 07/18079), graduada pela PUCRS. É especialista em Saúde da Criança e do Adolescente (RIMS/HCPA) e especialista em Psicologia Hospitalar (HMV e HCPA).

Você já conhece o Clube Gratuito Eu Amo Meu Bebê?

O eu amo meu bebê é o primeiro clube de vantagens voltado para gestantes e mães recentes que reúne descontos em promoções e serviços para o período de gestação e para bebês, além de trazer conteúdos sobre maternidade, gestação, saúde e bem-estar. Acesse agora e veja os descontos especiais para gestantes e mamães na lista do chá de bebê.